Você está aqui: Home » Blogs » Pense Comigo » Não ao radicalismo

Não ao radicalismo

radicalismoO pensamento radical é algo que aprendi a não exercitar, pois ele sempre me leva a extremos e aí nunca vou ter a melhor opção, a visão mais equilibrada, tampouco a atitude mais adequada para as diferentes situações em que possa me envolver, tanto no rotineiro como no eventual.

O fato é que o meu desenvolvimento passa, forçosamente, pela minha maior capacidade de evitar o radicalismo e buscar a harmonia com o meu meio e também comigo mesmo. Não tenho a intenção de aprofundar o debate filosófico sobre o pensamento radical e a sua proximidade com a desarmonia, somente quero levantar um alerta simples, daqueles de nosso dia a dia, para que não nos deixemos levar por discussões fortes que não nos enveredam a nada, fugindo de raiva e intransigência.

Alguns devem estar questionando onde eu quero chegar com esta conversa? Quero somente chamar atenção dos que visitam o “pense comigo” para o fato de que nós estamos sempre perseguindo alguma coisa, sentimento, emoção ou realização material e nos deixando impregnar por uma necessidade absurda (ansiedade e até angústia) por não alcançarmos objetivos que nos causam desgaste e nos fazem perder tempo.

O pensamento tem que ser o mais leve possível, sem radicalismo e exigências extremas, ocupando o tempo com harmonia de bom-convívio, um papo legal entre amigos, brincadeiras e risadas com as crianças, sempre desfrutando de pessoas que nos trazem felicidade.

Vamos adiante, mesmo que possa parecer confuso.

Foto: consciencia.blog.br

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759