Você está aqui: Home » Blogs » Chama a Princesa Isabel

Chama a Princesa Isabel

(LEIA NO BLOG DETALHES – MILTON SANTOS, JORNALISTA)>>>>>

CHAMA A PRINCESA ISABEL ===

Afim de ganhar os votos da bancada ruralista no Congresso Nacional para barrar a segunda denúncia contra o Presidente Michel Temer, o Ministério do Trabalho e Emprego lançou Portaria conceituando o trabalho escravo no Brasil dando nomenclatura como “análogo ao escravo” com vários requisitos que jamais poderiam ser fiscalizados, ferindo o que dita a Constituição. Menos mal que o Superior Tribunal Federal mandou cancelar a dita Portaria, jogo sujo.

Seria riscar da história brasileira a simpática figura da Princesa Isabel que, em 1888, teve aprovada e sancionada a sua Lei Áurea.

FOME E VONTADE DE COMER

Há pessoas que têm dificuldades de dizer não às tentações gastronômicas quando estão diante da geladeira, quando entram em padarias, em restaurantes, em supermercados, ou mesmo quando estão nas ruas e recebem ofertas de guloseimas de vendedores ambulantes. Segundo nutricionistas e psicólogos, a gula tem origem emocional, desencadeada principalmente por decepções, e a pessoa desconta a sua frustração nos alimentos.

É preciso estabelecer o que é fome e o que é vontade de comer. Fome é quando o corpo dá sinal de que precisa do alimento para manter suas funções vitais. Vontade de comer é gula, é aquela vontade incontrolável de devorar um bombom ou comer um sanduiche, mesmo estando de barriga cheia. É pecado! Segundo definições psiquiátricas, quando a pessoa come o cérebro recebe uma carga de hormônio responsável pelo prazer e isso leva o guloso a olhar o alimento ficando com vontade de degustá-lo. O cérebro lembra-se do prazer que sente quando esta comida é consumida. Não importa o momento.

Então, controle-se para não pecar e ficar longe da obesidade.

ESTÁ CHEGANDO O AZUL

O Outubro Rosa está terminando e vem em seguida o Novembro Azul. Colorir os meses conclama a campanhas pela saúde das pessoas. O rosa chama a atenção para a prevenção ao câncer de mama, enquanto que o azul, a cor do novembro, alerta para  os cuidados para com a próstata

No Brasil, em 2016, foram registrados mais de 60 mil casos de doenças prostáticas. Então, a recomendação é de que, depois dos 40 anos, os homens devem consultar seu médico urologista com mais regularidade. Não só por conta do câncer de próstata, mas para prevenir ou tratar problemas que ocorrem com mais frequência a partir dessa fase da vida.

Conforme dados estatísticos, geralmente, nesta idade, a preocupação do homem com a saúde está mais associada em perder alguns quilinhos para ficar em forma. Mas é bem a partir dessa idade que talvez tenham de lidar com problemas urinários, sexuais e ainda com o aumento da próstata. Assim, o exame é necessário, pois se houver algum problema eles podem ser minimizados ou banidos com o devido acompanhamento.

Então, na entrada do Novembro Azul, chamamos a atenção dos homens para, pelo menos uma vez ao ano, consultar um urologista e fazer os exames preventivos necessários.

PENSAMENTO

“É lamentável constatar-se que o homem, que não pode ser jovem para sempre, pode ser imaturo até a velhice”. (Carlos Ayres Britto – Jurista)

PROFISSÃO PROFESSOR

Neste mês de outubro, que já chega ao fim, com muitas e diversificadas comemorações, não se pode esquecer a figura do Professor, que tem também seu dia de celebração neste mês.

Muito se fala sobre a importância de valorizar este profissional e proporcionar-lhe as condições essenciais para o seu bom desempenho. Mas nem sempre isso ocorre, notadamente no que se refere ao magistério público estadual do Rgsul que, neste momento, tem seus profissionais (a maioria) em greve de protesto contra o parcelamento de seus salários e o não atendimento a solicitações.

Deixando de lado este assunto, abordaremos o fato de haver um noticiário que dá conta da baixa procura pela opção à profissão de Professor. Diante disso, especialistas em educação destacam a necessidade de construir um ambiente escolar saudável, notadamente no que se refere às redes públicas da educação, no qual o Professor possa desenvolver suas habilidades de forma sadia e proveitosa.

Há uma frase de Joseph Addison que diz: “Um professor sempre afeta a eternidade; ele nunca saberá onde a sua influência termina”. Sim, o Professor e sua sapiência são eternas. Ele se doa, se dedica, busca a compreensão, enfim, ama sua profissão. Ser Professor é assumir a missão de formar cidadãos, mas sabendo que os caminhos a serem trilhados são árduos e que deve dedicar-se a outros (alunos) mais do que a si mesmo. Em troca, nem sempre ganha o reconhecimento merecido e, diante desses desafios fica a dúvida: vale a pena a profissão de educar?

Além da baixa na opção pela profissão, pesquisas dão conta de que há considerável número de desistências. Isso leva a exemplos de buscam segurar o Professor, com escolas implantando medidas para intensificar o aprendizado, capacitando-o a desenvolver suas competências profissionais e emocionais. Ou seja, tornaram a ambiente escolar saudável.

O papel do Professor é ensinar a disciplina que optou mas, sobretudo, desenvolver capacidades emocionais em benefício de todos em sala de aula. O Professor precisa se munir das competências necessárias para gerenciar o ambiente de aprendizagem, para implementar a prática pedagógica para, assim, enfrentar os problemas que encontrarão no decorrer da vida, mas sabendo a melhor maneira de resolvê-los. Um ambiente educacional saudável favorece o Professor influenciando diretamente no desempenho de sua profissão.

Neste mês de outubro, bastante festivo, fica o nosso reconhecimento e o incentivo àqueles profissionais que se dedicam ao magistério. Um grande abraço a todos os Professores.

 

 

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759