Você está aqui: Home » Blogs » Blog dos Esportes » Futebol: Adeus, chegadas e a Bola de Ouro

Futebol: Adeus, chegadas e a Bola de Ouro

Páreo corrido?

Messi bolaNa tarde desta segunda-feira, 7 de janeiro, em Zurique, o extraterrestre Lionel Messi deverá ser eleito pela quarta vez consecutiva, o “Melhor Jogador do Mundo”. Com todo o respeito ao outro forte candidato, Cristiano Ronaldo, ao menos em 2012, não há dúvidas. Quebrando recordes quase semanalmente, o camisa 10 do Barcelona foi autor de assombrosos 91 gols em 69 jogos  – o que acaba dando ares de páreo corrido para a disputa. Por sua vez, CR7, balançou as redes em 71 partidas. Mesmo jogando demais, o português, novamente, deverá ficar com o segundo lugar, uma colocação para lá de amarga e, merecida, para o soberbo reizinho de Madrid.

Politicagem

Se Messi não levar a Bola de Ouro, não tenho dúvidas que estaremos diante de uma das maiores farsas do futebol em todos os tempos. Falando no assunto, com todo o respeito a quem pensa o contrário, é difícil engolir o meia Iniesta está os postulantes ao prêmio. Em que pese sua grande capacidade técnica, o camisa 8 está muito aquém de uma disputa entre os chamados “craques da bola”. Por que não Falcão Garcia, do Atlético de Madrid ou Neymar entre os finalistas? Ah, não? Um colombiano ou brasileiro na final? Nada de terceiro mundo!? Um brinde ao bairrismo europeu!

Terrinha

Cris gremioSobre o nosso pago, tudo está quase parado. Na semana passada, a grande notícia gremista foi a contratação do zagueiro Cris, 35 anos, que estava no Galatasaray, da Turquia. “Cria” de Luxa nos tempos de Corinthians, o defensor chega na Arena com a missão de ser o xerife da equipe, figura sonhada pelo presidente Fábio Koff, tal qual foram De León, na conquista da América, em 83 e Adílson, em 95. Não tenho preconceitos em relação a idade dos atletas e embora não seja uma “Brastemp”, sem dúvidas Cris joga muito mais do que todos os atletas disponíveis para a posição no Grêmio. Com isso, o beque tem tudo para formar uma interessante dupla com Werley, na velha e indicada mescla “juventude e experiência”.

Raio-X

Na entrevista coletiva, Cris afirmou que não possui preferências quanto ao lado preferencial para atuar. Com isso, certamente o veterano atuará no setor esquerdo da defesa, uma vez que Werley atua pela direita. Porém, à priore, Saimon deve formar dupla com Cris, uma vez que Werley está impossibilitado. O restante da defesa considerada ideal deverá ter: Dida no gol, Pará e Fábio Aurélio, nas laterais, ou seja, ao menos no papel, um time superior àquele que terminou a temporada passada – dúvida apenas no gol.

Muro? Jamais!

DidaComentarista de resultado é um dos maiores males da imprensa esportiva. É por isso que apesar das polêmicas, não ficarei em cima do muro em relação a briga pela camisa 1 do tricolor gaúcho. Meu voto é o mesmo do treinador, sou mais Dida. Por sua experiência, o goleiro de 1,95cm e 39 anos é a grande aposta da direção para garantir “tranquilidade” sob as traves. Creio que Dida não seja o nome ideal, mas se existe algum mérito da direção, é detectar que os atuais arqueiros disponíveis no clube são insuficientes.  Marcelo Grohe jamais justificou a sua titularidade. Mesmo com a saída de Victor, o jovem jamais foi unanimidade, tanto que os “cartolas” foram obrigados a buscar um substituto.

Reformulação

Não é de hoje que os colorados clamam pela reformulação do grupo. D’Alessandro, Kléber, Guiñazu, Bolívar, Índio. Ao menos em 2013, um pouco dessa história será diferente. Além de Bolívar que rescindiu amigavelmente seu contrato e foi anunciado pelo Botafogo, o ídolo Guiñazu fez o mesmo e reforçará o Libertad do Paraguai, seu clube anterior antes de vir para o Beira-Rio. Apesar de seus inegáveis serviços prestados, acho que a validade de Guiña estava por vencer, portanto, um negócio bom para todos os envolvidos. Porém, é preciso ver qual será a reposição. Josimar e Elton? Ah, por favor!

Guiña em números

Santana do Livramento 04-07-2010 amistoso Peñarol x Inter foto Alexandre LopsDurante cinco temporadas e meia, El Cholo Loco atuou em 282 jogos, marcou quatro gols e faturou nada mais nada menos do que nove troféus, sendo quatro gauchões (2008, 2009, 2011 e 2012), uma Copa Sul-Americana e Dubai Cup (2008), Copa Suruga (2009), uma Libertadores (2010) e uma Recopa (2011). A nação colorada agradece e deseja sucesso ao seu antigo camisa 5.

Castelhanos

Com a transação, a direção ganha um fôlego na folha salarial e, sobretudo, ameniza o impasse envolvendo o número de estrangeiros. Com isso, o meia Jésus Dátolo deve ser a nova “figurinha” do álbum colorado, ao lado de D’Ale e Forlán. Bolatti, como não é novidade, está na “pista para negócio”. Sendo assim, apostaria num meio-campo com Ygor, Fred, Dátolo e D’Alessandro – ao menos em caráter experimental. Embora seja uma escalação muito “faceirinha”, não custa tentar, né, Dunga?

Desmanche

Uma coisa é reformulação, outra é desmanche. Após as saídas de Nei, Bolívar e Guiña, a tendência é que o atacante Dagoberto também seja negociado, porém com o Cruzeiro-MG. Se o fato se confirmar, a situação começa a ficar preocupante. Embora tenha sido uma grande decepção na temporada, Dago seria peça fundamental no ataque colorado na temporada, ainda mais levando-se em conta as prováveis convocações de Damião e Forlán, para suas respectivas seleções. Se a direção não buscar reposição – fala-se em Vitor Júnior, ex-Corinthians, Santos e Botafogo – , os colorados novamente ficarão nas mãos dos jovens, como Cassiano, Lucas Lima, Otavinho, entre outros. Uma temeridade, sem dúvidas!

Aeroporto

Dunga coletivaEm todo o início de temporada, os torcedores sonham com aquela contratação capaz de “lotar o aeroporto”. Diante da baixa oferta do mercado e, principalmente, da escassa criatividade da dupla Gre-Nal na busca de reforços, apontaria o técnico Dunga como o grande diferencial da dupla até o momento para esta temporada. Se levarmos em conta a sua biografia, Dunga tem tudo para fazer o elenco colorado jogar muito mais do que jogou e recolocar o colorado entre os protagonistas do país. Isto é, um lugar que justifique os altos investimentos mensais e a qualidade do time, ao menos no chamado e famigerado “papel”. Excelente 2013 a todos e todas!!!

Fotos: Esportes Uol, LanceNet e Sport Clube Internacional

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759