Você está aqui: Home » Blogs » Blog dos Esportes » Gre-Nal: Lógica, desdenho e mistério

Gre-Nal: Lógica, desdenho e mistério

Gre-Nal 395

forlan e damiãoO atípico clássico de Erechim terminou com vitória colorada por 2 a 1. Com o time principal, os comandados de Dunga venceram os reservas do Grêmio com três volantes, confirmaram a lógica e colocaram o rival em situação delicada no campeonato regional. Mesmo longe de empolgar, os vermelhos mostraram evolução em comparação com a temporada passada e tiveram na dupla de ataque o grande diferencial da partida: Forlán e Damião finalmente voltaram a balançar as redes – mas, ainda estão devendo e muito na chamada relação custo e benefício.

Evolução

Além do aspecto motivacional garantindo pela presença de Dunga no vestiário, tática e tecnicamente o time colorado também demonstra alguns progressos. O mais visível deles é a forte presença dos laterais no campo ofensivo, ora com Fabrício pela esquerda, ora com Gabriel, pelo lado oposto. Paralelo, toques rápidos no meio e triangulações tem sido outro ponto de destaque. È claro que ainda cedo, mas as duas primeiras amostras são promissoras.

Frango ao sol?

Muriel falha grenalUma das únicas figuras de destaque do Inter na pífia temporada de 2012, o goleiro Muriel falhou e veio. Dificultado pelo sol (ou não – veja a sombra), mesmo estando de boné, o arqueiro acreditou que o volante Fernando – uma das boas figuras do clássico – fosse cruzar, acabou soqueando o “vento” e sofreu um gol pra lá de estranho. O “frango” recolocou o Grêmio na partida e foi um divisor do confronto: antes, o Internacional vencia com tranquilidade e sem grandes ameaças.

Filosofia

Com apenas um volante de ofício – Willians – o time colorado está leve e ofensivo, mas tenho convicção que esse esquema dificilmente será mantido diante de adversários com maior qualidade. Tendo Fred com segundo homem de marcação, o colorado ganha em qualidade na saída de bola e na transição veloz meio-ataque, mas perde e muito no poder de marcação. Prova disso que no final da partida, após o Grêmio liderar as principais ações da partida, Dunga promoveu o ingresso de Josimar na vaga do extenuado Dátolo – recolocando, assim, Fred em sua posição de origem, como terceiro homem da meia-canha.

Velha história

gauchão libertadoresQuem joga a Libertadores, desdenha o Gauchão. Quem está fora da maior competição da América, encara o campeonato estadual como Copa do Mundo. Todo o início de ano é a velha e enfadonha história. Nesse ano, o Grêmio protagoniza a dicotomia – algo feito pelo Internacional em anos anteriores – e conforme seu departamento de futebol, o Gauchão é meramente “secundário”. Amigavelmente, discordo. Justifico na sequência…

Desnecessário

A próxima partida do Grêmio pela Libertadores será apenas no dia 14, contra o “glorioso” Hiachipato do Chile. Sendo assim, o tricolor poderia perfeitamente ter escalado os titulares no Gre-Nal, algo que poderia servir como importante teste para o time de Luxemburgo e contribuiria com o tão falado ritmo de jogo da equipe. Mas, não foi isso que aconteceu. Em nome do “planejamento”, a direção preferiu “blindar” os titulares em uma atitude no mínimo discutível – embora tenha “reforçado” a equipe após derrota de 4 a 0 para o São Luiz na semana passada. Em nome do sucesso tricolor na temporada, só espero que os “cartolas” não tenham se iludido com classificação frente à LDU e deixem a euforia apenas para a torcida.

Mistério

miralles santosÉ normal jogadores terem passagem apagada por alguns times e serem figuras Dago cruzeirode destaque em outras. Peço desculpas pela obviedade, mas o prólogo se faz necessário para destacar a atuação de dois ex-jogadores da dupla Gre-Nal em seus atuais clubes. No clássico da vila Belmiro, o antes tricolor Miralles foi autor de dois gols na vitória de 3 a 1 do Santos sobre o São Paulo. Em Belo Horizonte, na abertura do Mineirão, o protagonista da vitória do Cruzeiro foi Dagoberto, autor do gol da vitória por 2 a 1 contra o Atlético-MG.

Futuro e seleção

Na quarta-feira, o tricolor volta a campo contra o São José em mais uma “última partida do Olímpico”. A partida será às 19h30 e a equipe titular será utilizada, inclusive com o retorno de Luxa à casamata. Na mesma data, às 22h, o Inter visita o Lajeadense, com transmissão da RBS TV. Pela tarde, às 17h30, Felipão reestreia pela seleção, em amistoso contra a Inglaterra. Semana movimentada e com futebol para todos os gostos.

Fotos: ClicRBS, Internacional Oficial, Globoesporte, Lancenet, Esportes UOL e Jornalismo FC

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759