Você está aqui: Home » Blogs » O que é perceptível e o não perceptível (4)

O que é perceptível e o não perceptível (4)

kyelogger01Mais uma vez inicio um artigo repetindo a pergunta deixada no anterior: – Como podemos ampliar nosso nível de percepção?

A resposta não é direta ou simples, ela depende de uma vontade e uma descoberta individual. A vontade é de buscar o entendimento não usando somente o raciocínio lógico e o entendimento prático sobre a vida e a descoberta é um pouco mais complicada, pois não ocorre de uma hora para outra, e depende de exercitarmos a nossa ampliação de consciência, buscando ter uma visão mais ampla sobre tudo o que nos cerca.

Minha recomendação é que todos busquem, diariamente, perder algum tempo em contemplar a natureza, olhar para tudo o que nos cerca, observar outros animais, as variações do vento e as diferentes visões que temos do céu que nos cobre. Lentamente vamos esvaziando a mente e permitindo que o pensamento voe livre e descompromissado com o tangível, abrindo espaço para que percebamos o intangível.

A observação da natureza é algo que sempre pratiquei, mas após ter passado por uma experiência muito marcante, para o resto de minha vida, onde tive mais tempo para ficar simplesmente olhando o voo dos pássaros, os sons de seus cantos, observando a brisa sobre a vegetação e, principalmente, o espetáculo da alvorada e o show do crepúsculo. Foi aí que percebi que tudo isso está a nossa disposição, o tempo todo, e não o aproveitamos para contemplar e deixar o pensamento livre se criar.

A minha proposta é de cada vez mais ampliar meus pensamentos dentro do imperceptível. Assim poderei torná-lo perceptível e entender melhor a tudo o que me acompanha nesta vida.

Foto: linuxap.com.br

Comentários (1)

  • Neuza Pinto Nissen

    Infelizmente, nesta vida atribulada em busca do melhor, esquecemos realmente quais são as belezas da vida! Tens razão, elas estão ao nosso alcance a cada amanhecer, quando a aurora desponta magnífica, pincelando o céu de aquarela, ao anoitecer quando o céu desnudo mostra suas entranhas em estrelas, na lua que brilha intensa! Povoando de versos o coração do poeta! Triste pensar que é necessário acontecer algo que nos aproxime da dama de negro, para valorizarmos as belezas desta vida e as pessoas que realmente são importantes para nós, mesmo que não façam parte diretamente de nossas vidas! Abraços!

    Responder

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759