Você está aqui: Home » Blogs » Observando melhor

Observando melhor

(LEIA NO BLOG PENSE COMIGO – EDUARDO DIAS LOPES, MÉDICO)>>>>

 OBSERVANDO MELHOR ===

Há algum tempo ouvi de alguém uma frase que impactou: “Cheguei ao momento em que necessito de algo que nunca tive, preciso viver um grande amor, pois jamais amei de verdade e sinto que isso me faz falta”. Ao ouvir esta frase me veio à mente o pensamento: “Será que sabemos o que é viver um grande amor? Quantas vezes nos apaixonamos e em quantas delas era verdadeiro este sentir? Quantas vezes ficamos embevecidos pelo desejo e confundimos o que realmente era dito pelo coração, visto que os hormônios ardentemente dominavam a vontade?

Também ouvi certa vez: “O amor verdadeiro é o amor maduro, aquele que nasce de forma espontânea, brota dentro de um pensamento de querer bem, se robustece com o conhecimento melhor do outro e fica definitivo quando reconhece os limites e virtudes do par”. É, sempre teremos definições e explicações para o amor, porém a mais completa e verdadeira é a que traz em si mesmo a explicação do seu existir que é claramente definida por gestos de atenção, sentimentos de consideração e principalmente por ações de carinho desenhadas pelo bem querer que existe sempre entre os amantes.

Olhando melhor para dentro de nós mesmos eu creio que praticamos muito o “amor exigente”, aquele que é fruto do molde mental que criamos e que nos faz procurar por algo que não existe de fato e que focamos em outros, sem perceber que o primeiro passo do amar de verdade está em ter a capacidade de entrega, o poder do entendimento e a força de expressar permanentemente que estamos lado a lado com alguém que é parte de nós mesmos e que se integrou em nossas vidas de forma natural e muito intensa.

Amar é dizer sim ao desafio, aceitar o risco e se entregar de corpo e alma à pessoa com a qual estamos envolvidos e com a qual queremos nos comprometer e ficar juntos a todo o instante.

Querer estar próximo, sem perder a individualidade, repartir momentos sem exigir espaço, dedicar atenção sem asfixiar e, principalmente, saber entender diferenças sem exigir igualdade.

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759