Você está aqui: Home » Blogs » (Opinião) O que é perceptível e o não perceptível (2)

(Opinião) O que é perceptível e o não perceptível (2)

perceptível 2Os fenômenos sem explicação, fatos que não conseguimos definir dentro de nossos padrões de racionalidade, recebem rótulos de paranormais, anormais, absurdos, enfim, seja lá como queiram chamar, episódios que não encontram uma identificação dentro de padrões razoáveis de definição conceitual.

O nosso entendimento dos fatos que nos cercam estão sempre escorados em realidades, explicações bem claras e um conjunto de circunstâncias que presidem o pensamento racional de cada um. A nossa dificuldade está em tentar entender as coisas em uma circunstância diferente, aquilo que para muitos é o inexplicável e que não existe.

O que é perceptível por nossa aparelhagem física está dentro do razoável, outras percepções mais sensitivas não são consideradas como válidas ou sequer como existentes.

Sugiro aqui uma pequena reflexão sobre todas as nossas experiências. Vislumbro em cada momento de dúvida uma necessidade de não permitir que o pensamento divague sobre todas as coisas inexplicáveis que nos cercam e ficamos assim em posição mais cômoda, sem nos questionarmos sobre a extensão de nós mesmos. O fato é que nossas percepções que não são somente o retrato de uma realidade fática, também nos atiram em direção do incerto, do duvidoso e do inexplicável, onde a constatação da existência de algo muito além de nossa compreensão se torna muito óbvio.

Os nossos maiores temores são de não permitirmos a viagem livre do pensamento por territórios de percepção absolutos do intangível, deixar o sentimento de libertação do físico tomar conta e mergulharmos em um nível mais aprofundado de nossas sensações.

Foto: dasilv.blogspot.com.br

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759