Você está aqui: Home » Blogs » Blog dos Esportes » Versatilidade eleva o poder de competição do Grêmio

Versatilidade eleva o poder de competição do Grêmio

(LEIA NO BLOG DOS ESPORTES – SAUL TEIXEIRA, JORNALISTA)>>>

Versatilidade eleva o poder de competição do Grêmio

Desempenho

Posse de bola paciente, contragolpe veloz e bola aérea letal. Eis as principais virtudes que colocam o Grêmio no alto posto de melhor futebol do país na atualidade. O tricolor alia resultado com desempenho, isto é, pratica o cada vez mais raro futebol além do resultado que gera resultado na América do Sul.

Resumo da ópera

O trabalho de meio-campo, com alto índice de acerto de passes ― ilustrado pelas jornadas de Arthur ― é a cereja do bolo de um time que desempenha a mesma ideia de jogo há três anos. Com Renato vieram os ajustes defensivos, a gestão diferenciada de grupo e o acréscimo de reforços por parte da direção. Aconteça o que acontecer, o Grêmio voltou a ser gigante!

Versatilidade

Contra o Fluminense foram dois gols em cobrança de falta. Contra o Bahia, o tricolor soube “sofrer o jogo”, fazendo o gol após cobrança de escanteio. Contra o Vasco, triunfo pela troca de passes e contragolpe. No empate contra o Cruzeiro, no Mineirão, dois dos três gols invocaram a letalidade da bola parada. A versatilidade aproxima o Grêmio da excelência.

Sem Barrios

Nas últimas partidas, desde a lesão de Barríos, a bola parada tem se revelado o principal esteio ofensivo do time. Dos últimos seis gols, nas últimas três partidas, apenas o de Ramiro contra o Cruzeiro no empate em 3 a 3 não foi fruto de escanteio ou faltas.

Longe de casa

É inegável que o tricolor gaúcho atua melhor quando é atacado, isto é, consagrando o modelo reativo. É por isso que enfrenta dificuldades nas partidas em que atua na Arena. Contra o Corinthians, no próximo domingo (25/06), em Porto Alegre, Éverton na vaga de Pedro Rocha surge como opção na tentativa de elevar as ações ofensivas do time. Neste cenário, Gata Fernandez ingressaria no meio, devolvendo Luan à função de falso 9.

Alternativas

Para os jogos em Porto Alegre, no futuro breve, Renato precisa investir em alternativas ao 4-2-3-1. Talvez uma formação um pouco mais ousada com Bolaños, Barrios e Luan juntos? Se conseguir encaixar esse trio, sem que o time perca a competitividade, Renato, enfim, apresentará alguma novidade tática e se afastará do legado de Roger Machado.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio oficial

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759