Você está aqui: Home » Capa » Chuva causa prejuízos também na Câmara

Chuva causa prejuízos também na Câmara

A forte chuva que assolou a cidade, na manhã desta quarta-feira, 14, também trouxe problemas para a Câmara de Vereadores de Viamão. Um defeito no sistema de escoamento das águas do telhado acabou alagando salas e destruindo equipamentos dos gabinetes dos vereadores do segundo bloco da Casa, que faz frente para a Rua General Osório, no Centro.

 A água que atingiu os gabinetes dos vereadores João Carlos Oliveira (Joãozinho da Saúde – PMDB) e Ederson Machado (Dédo – PT), passou para o corredor e invadiu outros salas. Entretanto, os principais danos ocorreram com equipamentos destes dois vereadores. Impressoras e computadores, além de diversos documentos ficaram inteiramente molhados.

“Nossa primeira preocupação é com a integridade física dos nossos servidores e colaboradores, por isso determinamos o isolamento da área atingida para uma avaliação”, disse Eraldo Roggia, presidente do Legislativo. A preocupação maior do vereador é com o fato das redes elétricas terem sido atingidas e muitas ainda estarem molhadas depois da chuva.

Quanto ao motivo da inundação, Eraldo afirmou que tanto a Câmara, quanto a Prefeitura, que ocupa o mesmo prédio, realiza vistorias e a manutenção das calhas e dos telhados, mas que o volume das chuvas mostrou que as calhas estão subdimensionadas. “Foi muita água em pouco espaço de tempo. O sistema é muito antigo e não comporta a vazão para estes casos. Vamos encontrar uma solução e vamos tentar melhorar o sistema de escoamento”, afirmou.

Quanto aos gabinetes e à estrutura da Casa, Eraldo afirmou que fará o possível para que todos voltem a trabalhar em condições o mais breve possível. “O que tiver conserto, se conserta, o que não tiver condições, será substituído”, afirmou.

As chuvas e os danos causados não afetaram os setores relacionados com a administração da Casa e as sessões ordinárias e outros eventos previamente agendados, ocorrerão normalmente. Apenas o acesso a determinados setores, segundo a presidência, serão restritos durante a recuperação das instalações.

Casa nova

Eraldo voltou a salientar a necessidade da Câmara de Vereadores ter o seu próprio espaço em um prédio com condições de receber os próximos 21 vereadores, em 2013. Atualmente o Legislativo viamonense ocupa parte do segundo andar do prédio da Prefeitura Municipal, no centro.

O espaço físico, segundo o presidente da Câmara já não comporta todas as necessidades administrativas e dos 14 gabinetes, e vai ser ainda mais crítica na próxima legislatura, quando Viamão contará com 21 parlamentares.

“Temos que nos preparar não somente para os 21 vereadores, mas para o futuro da nossa Casa Legislativa. Estamos em tratativas para que a Câmara em breve tenha um terreno e que se inicie o mais rápido possível a construção de um prédio definitivo para a Câmara, um equipamento a serviço da nossa comunidade”, concluiu Roggia.

Texto e foto: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759