Você está aqui: Home » Comunidade » Educação » Projeto “Jovem de Futuro”beneficia Escola Walter Jobim

Projeto “Jovem de Futuro”beneficia Escola Walter Jobim

projeto jovem de futuroSAUL TEIXEIRA

A Escola Estadual de Ensino Médio Walter Jobim, localizada na Santa Isabel, quarto distrito, é uma das três instituições de ensino público da cidade a integrar a segunda etapa do Projeto Jovem de Futuro, do Instituto Unibanco, em Viamão. Através desta parceria, inúmeras ações são desenvolvidas para o melhoramento sóciopedagógico, envolvendo a comunidade escolar e o toda a população local.
Durante os três anos de projeto, serão disponibilizados R$ 580 mil, sendo destinados ao aperfeiçoamento das atividades já realizadas no turno inverso ao escolar – como oficinas de capoeira, dança e tênis – além do investimento em obras de infraestrutura e a valorização do corpo de professores da instituição.
Segundo o diretor, Carlos Bennech, o projeto veio coroar o novo momento vivido pelo Walter Jobim: “É preciso um novo olhar para a educação Estadual e felizmente estamos conseguindo cumprir o nosso papel. O projeto nos permitirá um maior investimento na questão profissional, administrativa, voluntária, e pedagógica. Este é um momento de efervescência dentro da escola. Estamos colhendo os frutos do trabalho que desenvolvemos desde 2007”, comemora.
O projeto é desenvolvido em parceira com as Secretarias Estaduais de Educação, sendo que o estado possui 25 escolas que estão integrando a iniciativa, desde 2008. Em Viamão, além do Walter Jobim, o Instituto Estadual de Educação Isabel de Espanha, na parada 34 e a Escola Estadual de Ensino Médio Orieta, na vila Santo Onofre, estão sendo contempladas. Direcionado a melhoria do desempenho dos alunos do Ensino Médio, os objetivos são a redução da evasão escolar e o aumento do aprendizado para todos os alunos da escola.
Projetos e atividades – O “Jovem de Futuro” possui três anos de duração, desde que a escola tenha êxito nas avaliações de Português e Matemática elaboradas pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e realizadas anualmente.
Além de aperfeiçoar as oficinas já realizadas (horta, meio-ambiente, tênis, percussão, capoeira, flauta doce, vôlei, letramento, desenho e artesanto, dança e teatro), a parceria com o instituito Unibanco possibilitará a realização dos projetos Super Ação e Estudar Vale a Pena (leia detalhes na sequência). Mesmo sendo voltado ao Ensino Médio, a escola disponibilizará espaço para todos os 2 mil alunos participarem: “A escola está toda mobilizada. Pode parecer chavão, mas um mundo diferente, passa por uma educação de qualidade. Para isso, é preciso mudarmos a realidade da educação pública do país. Os governantes precisam olhar o dinheiro aplicado na Educação como investimento e não, como despesa, como gasto. Infelizmente falta vontade política por parte dos governos federal, estadual e municipal”, protesta Bennech.

Agente jovem

Além dos monitores-voluntários que já ministram oficinas, outro importante grupo é responsável pela concretização do projeto, os chamados Agentes Jovens. Formado por alunos escolhidos pela direção, os voluntários são considerados o elo entre os colegas e a administração do Walter Jobim.
Seis alunos ocupam a função, entre eles, Julia Brendel, aluna do segundo ano: “Nosso papel é incentivar os alunos a participarem de todo o projeto. São desenvolvidas várias tarefas, como o Estudar Vale a Pena. Nesta etapa do trabalho, criamos um blog e um jornal da escola como forma de destacar a importância do estudo. Sem dúvidas, estudar vale muito a pena”, disse a estudante de 15 anos.
Para Jennifer Kepler, 15 anos, combater a evasão escolar é o grande desafio da iniciativa: “Nossa função é fazer com que os alunos usufruam da escola da melhor maneira possível. Que saiam daqui realmente preparados, que possam absorver todo o conhecimento disponibilizado”, destacou a aluna do primeiro ano. Além delas, Guilherme Severo, Lucas Morais, Josiane dos Santos e Tissiane Reis completam o grupo de trabalho.

Super ação

A “Super Ação na Escola” é outra atividade desenvolvida através do projeto e será realizada no próximo dia 18 de junho. Mobilizando toda a comunidade escolar e demais voluntários, o objetivo é estreitar a relação da escola com a população local, através de prestação de serviços, informações e entretenimento, como vacinação, palestras, oficinas de higiene bucal e apresentações artísticas. Para participar, é necessário a apresentação do CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Foto: Jennifer Kepler, Carlos Bennech e Julia Brendel

Comentários (5)

  • Roger

    Muito bom, jovem do futuro e escola do futuro. kkkkk

    Responder
  • Elineida Maria Isaias Silva

    Parabéns pelo projeto.
    Gostaria de saber mais informações sobre o Projeto Jovem de futuro pois em 2012 a escola em que administro vai começar esse projeto

    Responder
    • Julio

      Tudo bem professora?
      Em primeiro lugar deves ter cuidado. Administrar um Projeto como esse causa muita inveja e competitividade. Os profissionais escolhidos devem passar pelo aval do grupo de professores. Escolha democrática e profissional. Caso seja feita a escolha por critérios de amizade ou comprometimento político com a Direção, como é o caso da Escola Walter jobim, pode causar revolta no grupo de professores e dificultar a relação entre os profissionais. Por isso lembre sempre: Democracia e transparência. Na Escola Walter Jobim é uma panela só.. Muito cuidado!!!

      Responder
  • Douglas Oliveira

    Eu como estudante da escola gosto mtto desse projeto , pois nos ajuda e nos apoia em nossas dificuldades .
    ee tbm porque é super divertido participar das atividades desenvolvidas na escola.
    Sou o douglas da Turma: 102 !

    Responder
  • MAHRA DANYELLY PINTO FARIAS

    Excelente projeto, nossa escola irá participar deste projeto em 2012. Estamos ansiosos pelas atividades.
    Gostaria de receber dicas. Valeu. Mahra Danyelly

    Responder

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759