Você está aqui: Home » Capa » Prefeito busca soluções para o aterro sanitário

Prefeito busca soluções para o aterro sanitário

Parceria com empresas de recolhimento e reaproveitamento de materiais fazem parte das estratégias

lixão 014O polêmico lixão municipal foi pauta da reunião realizada na tarde de terça-feira, 8, entre o prefeito Valdir Bonatto e os representantes das empresas que operam o serviço de recolhimento de entulho em Viamão.

Ficou acordado que apenas as empresas de Viamão poderão fazer o descarte de material no lixão da cidade e que deverão regularizar sua situação junto à prefeitura, pois, hoje todas operam com alvará provisório.

Atualmente o local recebe em média 100 toneladas de lixo por dia. Foi informado também que a partir desta quarta, 9, uma cooperativa começará a trabalhar no aterro, e ficará responsável pela separação do material recebido dos caminhões.

Com esta ação, a prefeitura busca criar alternativas para o reaproveitamento do material conhecido como caliça, que até hoje era depositado de maneira indiscriminada. A previsão é de que em uma semana o britador que será usado para triturar o entulho já esteja operando. O aterro ganhará também um galpão de reciclagem, que deverá ser construído nos próximos dias.

Solução em conjunto

Para o Prefeito, as empresas que operam o serviço de entulho em Viamão devem ser parceiras neste processo e todas se mostraram dispostas a contribuir para a busca de soluções para esta questão. Cada empresa pagará R$ 15,00 por container despejado no aterro, valor que servirá para viabilizar o trabalho da cooperativa.

Será desenvolvido para a comunidade um material explicativo e de conscientização sobre o serviço de recolha Bonatto-lixode entulho, onde constará, por exemplo, a informação de que não se deve descartar lixo orgânico nos containers, entre outras.

“Precisamos construir um novo conceito na cidade, onde a população é parte integrante e fundamental, assumindo compromisso com a cidade, com o meio ambiente e com o desenvolvimento de maneira sustentável”, destacou Valdir Bonatto.

Saiba mais

No dia 2 de janeiro, Bonatto foi até o aterro municipal e saiu do local preocupado com a situação encontrada (foto).

Fonte: Dept° Com. Social Prefa. Viamão

Edição: CR

Fotos: Claudio Ely/divulgação CR e Dept° Com. Social Prefa. Viamão

Comentários (1)

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759