Você está aqui: Home » Blogs » Ação noturna em Viamão orienta sobre prevenção de DSTs/Aids/Sífilis

Ação noturna em Viamão orienta sobre prevenção de DSTs/Aids/Sífilis

Na sexta-feira (20), a Secretaria Municipal de Saúde realizou uma ação noturna em pontos de concentração no Centro e na Praça da Santa Isabel, para orientar os jovens sobre a importância de se prevenirem contra a AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), através do uso do preservativo. As pessoas abordadas também foram orientadas em relação a importância de fazer exames de testagem sorológica rápida para HIV e Sífilis rotineiramente, que hoje são realizados em todas as unidades de saúde de Viamão – durante a ação foram realizadas 26 testagens.

A ação contou ainda com vacinação contra Hepatite B e distribuição de preservativos. Os jovens também foram alertados que já existem novas medidas de prevenção que vem sendo desenvolvidas e já está disponível na rede municipal, como, por exemplo o PEP (Profilaxia Pós Exposição), que deve ser usada somente em casos especiais de possível contato com o vírus. Neste caso, a medicação deve ser ingerida até 72 horas depois do fato, por 28 dias consecutivos.

A ação noturna de abordagem foi chamada de Prevenção nas Ruas #TôDentro e foi desenvolvida pelo Departamento de Atenção à Saúde, pelas equipes da Atenção Básica, Consultório na Rua e Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), com o apoio do Centro de Testagem e Aconselhamento em DST/Aids – Herbert de Souza.

A atividade integrou o projeto de conscientização e de prevenção da Aids e de outras doenças sexualmente transmissíveis “Prevenção: #TôDentro – Viamão mais forte contra a Aids”, que vem sendo desenvolvido no município, desde 2016, com o objetivo de informar, educar e desmistificar a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

Saiba mais:

Em dezembro de 2015, a Prefeitura de Viamão assinou o protocolo de enfrentamento à doença, juntamente com outros 14 municípios do Estado, considerados prioritários devido ao alto índice de casos. Entre os compromissos da declaração está o alcance das metas 90-90-90 do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids), que significa ter, até 2020, 90% das pessoas que vivem com HIV sabendo que têm o vírus; 90% das pessoas diagnosticadas com HIV recebendo tratamento antirretroviral; e 90% das pessoas em tratamento antirretroviral com carga viral indetectável. Dados do Ministério da Saúde apontam que o número de novos casos entre pessoas de 15 a 24 anos cresceu 54% nos últimos anos. Até junho de 2016, havia 3.120 casos notificados de HIV em Viamão. Pesquisas apontam que a cada cinco pessoas contaminadas pelo vírus HIV, duas não sabem que são soropositivas.

 

1

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759