Você está aqui: Home » Comunidade » Saúde » Secretário Estadual da saúde: “Não deixaremos o Hospital de Viamão fechar”

Secretário Estadual da saúde: “Não deixaremos o Hospital de Viamão fechar”

hoGoverno do Estado garante manutenção do hospital, mas solicita contrapartida da prefeitura

Liderados por 14 entidades locais, uma comitiva de moradores da cidade esteve em audiência com o Secretário Estadual da Saúde, Ciro Simoni para tratar sobre o Instituto de Cardiologia Hospital Viamão. Segundo informações da própria instituição, ela estaria na iminência de fechar devido ao déficit mensal considerável. O encontro ocorreu na sede do governo, em Porto Alegre, na última segunda-feira, 16 de janeiro. O CR esteve presente com exclusividade.

Segundo o secretário da Saúde, Ciro Simoni, o governo do Estado ampliou há pouco o repasse ao hospital: “Não deixaremos o Hospital de Viamão fechar, em hipótese alguma. Conhecemos bem a população de Viamão, é um povo trabalhador que necessita e merece a nossa atenção máxima. Parabéns as entidades pela iniciativa, é fundamental que exista essa discussão”, disse ele, que também é médico especialista em radiologia.

Entretanto, o secretário destacou a necessidade de contrapartida por parte da municipalidade local: “É fundamental que a prefeitura de Viamão invista na manutenção básica, do contrário, dificilmente conseguiremos resolver a questão, já que todo o atendimento continuará sendo feito pelo hospital”, completou o secretário Ciro Simoni, referindo-se a contratação de agentes de saúde, ao programa saúde da família e a melhor estruturação das unidades básicas de saúde.

Conforme o presidente da Acivi (Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Viamão), André Pacheco, a audiência foi positiva: “A intenção de nossas entidades foi sensibilizar o governo a repassar os recursos que garantam a manutenção do hospital. Trata-se de um atendimento essencial não só para os viamonenses, mas também para os moradores de regiões próximas, como Capivari do Sul e Palmares”, destacou.

Futuro

Como produto da reunião, as entidades marcarão um encontro com o prefeito solicitando que a municipalidade atenda aos pedidos do Estado. Desta forma, a prefeitura de Viamão passaria a investir mais recursos na chamada atenção básica de saúde. O encontro será agendado para as próximas semanas.

Viamão x Estado

De acordo com o vice-presidente do Conselho Municipal da Saúde, Alexandre Goularte, o encontro foi satisfatório, embora muitos aspectos precisem ser melhorados, visando o aperfeiçoamento da saúde na cidade: “Gostei muito da postura do secretário em nos receber e mostrar conhecimento sobre as necessidades de Viamão. O grande entrave é aproximarmos os governos do Estado e do município. É preciso que a prefeitura mostre o mesmo empenho que o governo estadual. As duas administrações são do mesmo partido, não entendo porque essa diferença”, disse o dentista.

Em relação a atuação do Conselho Municipal da Saúde, ele destaca: “Somos uma dos conselhos de saúde mais atuantes do Estado. Atuamos como instrumento de acesso da comunidade a secretárioa de saúde de Viamão. Participamos de reuniões, plenárias, cobramos ações da prefeitura em prol da saúde local. O prefeito precisa dedicar mais atenção a saúde básica da população, urgentemente”, completa Goularte.

Hospital em números

Em relação ao repasse do governo do Estado ao Hospital de Viamão, o secretário não precisou as cifras, mas segundo ele, os valores teriam praticamente dobrado: “O governo está repassando cerca de 500 mil reais por mês”, disse ele. Por sua vez, a prefeitura de Viamão, através de convênio que expira no final deste mês, disponibiliza R$ 300 mil mensais ao Hospital Viamão.

Entidades organizadoras

Organizaram o encontro: Acivi, Sindilojas, CDL, Consepro, OAB/Viamão, Associação dos Contabilistas, Conselho Municipal da Saúde, VQQ (Viamão Que Queremos), Loja Maçônica Conciliação, Rotary Club, Lions Club, Associação Rural, Sindicato Rural e Comitê do PGQP de Viamão.

Confira mais detalhes na edição impressa do CR, nessa sexta-feira, 20 de janeiro

Texto e foto: Saul Teixeira

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759