Você está aqui: Home » Capa » S.O.S. Alberto Silva! Rua “pede socorro” na vila Aparecida

S.O.S. Alberto Silva! Rua “pede socorro” na vila Aparecida

Buracos por toda a parte, carros quebrando, telefone estragado em meio ao mato e esgoto a céu aberto. Esse é o pavoroso cenário da Rua Alberto Silva, próximo a Avenida Liberdade, na Santa Isabel. Atenção Secretaria de Obras e Viação (SMOV)! Atenção prefeitura de Viamão!

 Mesmo situada a poucos metros da Avenida Liberdade, a principal via do quarto distrito, a rua Alberto Silva, na Vila Aparecida parece “de outro mundo”. Os inúmeros buracos tornam o trecho quase intransitável, causando a inconformidade dos pedestres, que além das “crateras”, convivem com o mato alto nas laterais, falta de saneamento e precisam improvisar obras de infraestrutura.

Adriana rua Alberto SilvaMoradora da rua há 15 anos, Adriana Margarete Oliveira já perdeu as contas das arrumações que fez em frente a sua casa: “Sem mentira, foram cerca de 30 vezes que mandei colocar pedras, do contrário, é impossível o carro passar. Mesmo assim, na semana passada, meu filho perdeu a surdina no meio da rua. É um absurdo”, protesta.

rua Alberto SilvaVizinho de Adriana, Roberto Fernandes, 18 anos, relata que em dias de chuva a situação torna-se ainda mais caótica: “Não basta os moradores colocarem pedras em frente às casas, é preciso repetir o processo toda a vez que chove. Na semana passada a situação foi crítica. Dizem que em anos de eleição a prefeitura arruma as ruas, mas aqui nem isso acontece. Quantas eleições já se passaram? Os problemas são sempre os mesmos”, afirma.

 Saibro e desperdício

 As dificuldades são ainda maiores levando-se em conta a característica íngreme da rua: “Pedimos socorro, não aguentamos mais. É uma vergonha. A única atitude da prefeitura municipal é colocar saibro. Se não estou enganado, a última vez foi no final do ano passado. Mas, não adianta, é preciso uma atitude definitiva”, afirma Jorge Nei Teixeira, morador da Alberto Silva na parte mais alta da rua.

A colocação de saibro é prática comum na região, notadamente nas ruas Itaúna, Alberto Silva, Januária e Jequié. Entretanto, por tratar-se de ruas íngremes (lombas), a cada chuva, o saibro despenca pela a rua e desemboca na Avenida Liberdade, entupindo os bueiros da via, o que contribui com um problema relatado pelo CR há tempos.

 Críticas e protesto

Clarice rua Alberto SilvaMoradora da rua Jequié, logo acima da Alberto Silva, Maria Clarice Borba afirma que a comunidade vive de promessas: “É um descaso, não temos saneamento, o esgoto da minha rua desce a Alberto Silva e para toda na avenida Liberdade. Em oito anos, o prefeito jamais fez nada pela região, só patrola uma vez a cada três anos”, ironiza.

A falta de infraestrutura que, entre outros, possui um telefone público estragado e quase tomado pelo mato, consequentemente acaba desvalorizando a localidade: “Já deixei de vender minha casa por causa disso. A compradora tinha o dinheiro na mão, mas quando veio conhecer a rua, desistiu na mesma hora. O prefeito só lembra da Santa Isabel no Carnaval, no Natal para colocar luzinhas e no aniversário dele”, completa Adriana.

Fotos: Saul Teixeira

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759