Você está aqui: Home » Blogs » Tudo é Carnaval. Moderação!

Tudo é Carnaval. Moderação!

carnaval_ilustracaoO Carnaval, ao contrário do que muitos pensam, não nasceu no Brasil. Muitos povos, em diferentes épocas, festejavam nas ruas, às vezes sem limites, as boas colheitas, as vitórias nas guerras, o fim do frio. O ser humano é um ser que comemora, celebra.

Na Idade Média, o Carnaval entra, meio que forçado, no calendário religioso. Nos dias que antecediam a Quaresma, especialmente na terça-feira “gorda”, algumas pessoas se refestelavam, como que “se preparando” para o tempo de jejum e abstinência que iria começar logo ali adiante, e que todos cumpriam.

No Brasil da escravidão, o Carnaval era uma válvula de escape para os sofridos trabalhadores, que tinham a permissão de seus senhores para fazer um pouco de “bagunça” pelas ruas, três dias por ano. O entrudo – a entrada da Quaresma – volta e meia degenerava em violências.

Hoje os tempos são outros, não há nem mais o entrudo, nem as belas marchinhas. Isso é coisa do passado, dizem. Agora o Carnaval é um grande espetáculo televisivo e comercial, e o povo, quase sempre, só faz figuração… e gasta.

O Brasil até terça-feira – e por que não dizer até o sábado próximo – vive aquilo que se cognominou dizer que é a sua “maior festa”. Herdada de outros povos, como já foi escrito acima, mas que continua a dar ao ser humano a sua condição de liberdade para festejar – aquilo que bem entender.

Mas tenham cuidado! Divirtam-se, bebam, façam festa… com moderação!

Foto: catracalivre.folha.uol.com.br

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759