Você está aqui: Home » Capa » Entrevista exclusiva com o prefeito André Pacheco

Entrevista exclusiva com o prefeito André Pacheco

André Pacheco – Prefeito de Viamão
“Viamão está fazendo sua parte para melhorar a segurança, investindo e criando alternativas ”

CR: VIAMÃO PRECISA DE UM PRESÍDIO?
Nossa cidade teve um crescimento desordenado nos últimos 40 anos, recebendo pessoas de todas as partes em busca de um lugar tranquilo para se fixar, trabalhar e prosperar. Com essa explosão demográfica também veio a violência e a criminalidade que, nos últimos 10 anos, deixaram Viamão com índices alarmantes. Negar isso é ser omisso com o nosso cidadão. Encarar de frente, criando alternativas de superar essa crise da segurança no estado é missão do gestor municipal. É o que estamos fazendo, desde 2013, com a implantação de câmeras de videomonitoramento, a criação da Patrulha Escolar Municipal, uniformizando nossos alunos das escolas municipais, recebendo o Centro da Juventude, e o presídio faz parte desta lógica de dotar Viamão de cada vez mais trabalhadores da segurança e instrumentos capazes de dar mais tranquilidade a nossos cidadãos.
CR: QUAL O MOTIVO DA ESCOLHA DA ÁREA DA FEPAGRO?
O técnicos do Governo do Estado consideraram vários aspectos, sendo um deles a infraestrutura já existente no local, como esgotamento sanitário, acesso asfaltado, entre outros itens. Esta área possui mais de 100 hecatres, sendo que menos de 20 será utilizado pelo presídio, possui saída fácil para ERS-118 e BR-290 e já possui ao Governo do Estado.

CR: SOMENTE A CONSTRUÇÃO DO PRESÍDIO VAI TRAZER MAIS SEGURANÇA?
Certamente que não, mas a disposição de Viamão em trazer esta casa prisional, atende à necessidade de uma cidade que “exporta” mais de 1.000 presos para presídios de outras cidades. Vai fazer também com que um aparato de segurança seja instalado na região para controle de acesso, ampliando o número de viaturas, policiais e mesmo de videomonitoramento.  Há compromisso do governo do Estado em dar a contrapartida em mais segurança para Viamão.

CR: COMO AVALIA O IMPACTO NA COMUNIDADE DO ENTORNO E DA CIDADE COMO UM TODO?
Precisamos construir essa relação da população com o presídio. Na medida em que a comunidade ver os efeitos positivos vai mudando o conceito negativo. Todos queremos mais segurança, todos queremos ressocialização daquele infrator que pode ser recuperado, todos queremos punição aos criminosos que estão condenados e, por muitas vezes, estão soltos cometendo mais crimes, somente com a criação de mais vagas, mais presídios poderemos começar a resolver essa situação. Viamão está fazendo a sua parte e tenho a convicção de que a população vai entender e apoiar esta iniciativa.
Hoje mesmo, lá no Palácio Piratini, conversava com o prefeito de Charqueadas, Simon Heberle de Souza, que me dizia dos baixos indices de criminalidade em sua cidade, no que foi corroborado pela promotora Anelise Stifelman que atua em Viamão e em Charqueadas. Tenho a convicção que o olhar do Governo do Estado na área da segurança está mudando em relação a Viamão, fruto de um trabalho intenso da gestão municipal, buscando alernativas, como a Casa da Juventude que possibilitará o resgate de muitos adolescentes que estão em situação de risco e que Viamão será uma das cidades referência no projeto.

Deixe um comentário

Jornal Correio Rural de Viamão | Rua Marechal Deodoro, 274, Centro, Viamão/RS | Fones: (51) 99430-5151, 98529-8759